Episódio #120 – PQU Entrevista Prof. Flávio Kapczinski

O Prof. Kapczinski é psiquiatra, Titular licenciado do Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Pesquisador 1-A do CNPq (licenciado), Professor do Departamento de Psiquiatria e Neurociências comportamentais e Diretor do Programa de Pós-graduação em Neurociências da McMaster University, em Montreal, no Canadá. A conversa com o Flávio foi, para nós, muito agradável e verdadeiramente inspiradora. Para você, ouvinte, é absolutamente imperdível. Aproveite!

Episódio #118 – Buspirona

Em 1986 a buspirona recebeu aprovação do FDA para tratamento de pacientes com transtorno de ansiedade generalizada. No Brasil, passou a ser comercializada um pouco depois, em 1990. É um medicamento que deve fazer parte do arsenal psicofarmacológico de todo psiquiatra, a meu ver o especialista com condições para prescrevê-lo como se deve com chance de obter algum resultado terapêutico.

Episódio #116 – Significância estatística e relevância clínica

Significância estatística e relevância clínica se referem a dois aspectos complementares da pesquisa biomédica. O primeiro tem a ver com a confiabilidade dos achados. O segundo com sua importância para a prática clínica. Existem resultados que são estatisticamente significativos e clinicamente relevantes. Há também os que têm relevância clínica, mas não significância estatística. A avaliação da relevância clínica dos resultados estatisticamente significativos da pesquisa é crucial para que se faça a transferência de conhecimento da pesquisa para a prática clínica.

Episódio #115 – Psiquiatria Cosmética?

É crescente o consumo de medicamentos psicoestimulantes, aprovados e usados no tratamento de casos de TDAH e de sonolência excessiva, como forma de potencialização cognitiva. Não somos adeptos e nem aprovamos essa prática pela falta de evidências científicas que a subsidiem, pelos riscos nela embutidos e por motivos éticos que serão abordados nessa nossa conversa.

Episódio #112 – Traumatismo craniano em pacientes com Alzheimer tomando antipsicóticos

Neste episódio do PQU Podcast faço leitura crítica de estudo publicado em março/2020, na Journal of the American Geriatrics Society, intitulado “O risco de ferimentos na cabeça associado com uso de antipsicóticos em pessoas com Doença de Alzheimer”. Ele, à primeira vista, me pareceu muito bem feito. Vamos checar juntos.

Episódio #110 – Eventos de Vida e Depressão

Nesse episódio do PQU Podcast apresentarei o primeiro estudo controlado que demonstrou de modo conclusivo a importância de eventos de vida estressantes na gênese de quadros depressivos, realizado pelo psiquiatra britânico Eugene Paykel e colaboradores. Apresentarei também um estudo subsequente em que eles demonstraram a participação de eventos de vida em recaídas de depressão tratada. Em ambos foram incorporados avanços metodológicos que permitiram que se esclarecesse o vínculo causal entre eventos de vida e a gênese e a evolução de transtornos psiquiátricos, linha de pesquisa que contribuiu decisivamente para o que hoje se denomina epigenética.

Episódio #108 – PQU Entrevista Prof. José Toufic Thomé

Em tempos de pandemia do COVID-19 conversamos com o Prof. José Toufic Thomé. Ele é Professor do Instituto Sedes Sapientiae, Presidente da Unidade de São Paulo da Rede Ibero-Americana de Eco-bioética, Chair da Seção de Crises e Desastres da World Psychiatric Association, membro honorário do World Council for Psychoterapy e, como tal, participante da Comissão de Saúde Mental do Conselho Econômico da ONU; membro da Federação Latinoamericana de Psicoterapia e da Associação Médica Líbano-Brasil. É co-autor do livro “Intervenção em situações limite-desestabilizadoras. Crises e traumas”, publicado em 2009. Vale a pena ouvir as considerações que ele fez sobre o momento por que estamos passando.

Episódio 105 – Cetamina no Tratamento de Depressão Refratária

Em 2006 foi publicado o primeiro ensaio clínico de cetamina no tratamento de depressão refratária. Nos últimos 14 anos o número de estudos sobre o tema aumentou exponencialmente. Apesar dos achados promissores – alguns verdadeiramente bons demais – temos ainda alguma relutância quanto ao uso disseminado da cetamina e de seu derivado, a escetamina, no tratamento de pacientes com depressão. Os dados ainda são poucos, podem ocorrer efeitos dissociativos mesmo em doses baixas e o potencial para abuso e dependência não está claro.

Episódio #103 – Diagnóstico e tratamento da Depressão Refratária

Nesse episódio do PQU Podcast apresento revisão sobre diagnóstico e tratamento de depressão refratária, ressaltando que denominar um quadro de refratário implica em duplo diagnóstico: do transtorno e da refratariedade. Dependendo da definição utilizada, a depressão refratária ou resistente ao tratamento acomete até 30% dos pacientes com depressão. Mesmo esses casos de difícil manejo podem remitir com tratamento sequencial particularizado realizado de acordo com as evidências disponíveis, sem invencionices.

Episódio #101 – O Conjunto Mente-Cérebro

Já faz algum tempo que o Vinícius e eu denominamos de conjunto mente-cérebro à dupla dinâmica e indissociável formada pela mente, pelo cérebro e pelo fosso existente entre eles. Nesse episódio conversamos sobre a proposta de Thomas Fuchs, professor catedrático da clínica psiquiátrica da Universidade de Heidelberg, na Alemanha, sobre o desenvolvimento e as funções do cérebro, apresentadas no livro “Ecology of the brain”, de 2018. Ele diz que a fenomenologia é a via para compreensão da singularidade de cada indivíduo, mas incorpora nessa visão os conhecimentos derivados dos avanços da neurociência.